O Projeto “Móvel ao Quadrado” foi o vencedor do Prémio Arrisca C – Ideia de Negócio na 9ª edição do Concurso de Ideias e Planos de Negócio – Arrisca C, o único concurso nacional dirigido a jovens estudantes do Ensino Superior, Secundário e Técnico-Profissional e um dos mais ambiciosos programas na área do empreendedorismo e inovação a nível nacional. As candidaturas à 10ª edição do Arrisca C já estão a decorrer e terminam dia 4 de novembro em www.arrisca-c.pt.

A linha de mobiliário “Móvel ao Quadrado”, propõe móveis simples e atrativos, de fácil transporte e montagem, que prescindem de parafusos, pregos ou cola. Da autoria de Pedro Fonseca Jorge, arquiteto e designer de Alcobaça, as peças são idealizadas para quem muda frequentemente de casa mas deseja manter a personalização do lar, ainda que este seja de curta duração.

«As propostas de mobiliário são pensadas precisamente para quem tem uma vida nómada, mudando frequentemente de casa, cidade ou país. A facilidade de montagem, desmontagem e transporte das peças permite que estas acompanhem as migrações dos seus proprietários e que estes mantenham um lar à sua imagem, ainda que mudem frequentemente de morada», explica o arquiteto e designer.

A simplicidade construtiva é a ideia base destas peças, cuja montagem funciona apenas por encaixe. Esta simplicidade é complementada com a qualidade e durabilidade dos materiais, que podem ser conjugados de forma a adotar diferentes estilos, como o clássico ou o informal. A variedade de cores e acessórios possibilita ainda uma fácil personalização.

A conceptualização original destas peças evita a perda de elementos durante o transporte e favorece a vertente ecológica, tanto na produção como na reciclagem do mobiliário, quando este chega ao fim da sua vida útil.

10ª edição ARRISCA C – Cerca de 150 mil euros em prémios para os projetos mais inovadores

A assinalar a sua 10ª edição, o Concurso de Ideias e Planos de Negócio – Arrisca C recebe, até dia 4 de novembro, candidaturas para aquele que é um dos mais ambiciosos programas na área do empreendedorismo e inovação nacional. Com categorias dirigidas a jovens estudantes do Ensino Secundário e Técnico-Profissional, e a jovens do Ensino Superior ou recém-diplomados há menos de cinco anos, provenientes de qualquer instituição de Ensino Superior do País, este concurso já apoiou a criação de mais de 25 empresas.

Uma iniciativa da Universidade de Coimbra e de vários parceiros que no total vai atribuir cerca de 150 mil euros em prémios, que incluem desde valores monetários até à incubação gratuita de empresas, apoio na elaboração e consolidação de planos de negócio, apoio na realização de protótipos e no desenvolvimento de imagem e branding corporativo, passando pelo apoio contabilístico, ou o apoio na elaboração de candidaturas a financiamentos europeus e à internacionalização, entre outros.

Dividido em duas categorias, o concurso Arrisca C visa premiar, por um lado, as melhores Ideias de Negócio ainda em fase de conceção e sem plano de negócio desenvolvido, por outro, os melhores Planos de Negócio que apresentem projeto para a constituição de uma empresa. Com vista a potenciar e apoiar as políticas de apoio e formação ao empreendedorismo jovem, é na categoria das melhores Ideias de Negócio que o Arrisca C lança ainda o Prémio Ensino Secundário, dirigido a jovens estudantes do Ensino Secundário e Técnico-Profissional.

Com a experiência e o sucesso das edições anteriores, o Arrisca C tem-se revelado um projeto ambicioso. Ao fim de 10 anos, com cerca de 820.000€ em prémios distribuídos, mais de 700 projetos candidatos, envolvendo mais de 2.000 promotores e mais de 25 empresas criadas, esta iniciativa aumentou a fasquia e transformou esta última edição num marco na propagação de ideias e projetos inovadores.